quinta-feira, novembro 16, 2006

Triste fim (?)

Um amigo escreveu pra mim.

Triste fim de noite da menina Joana... Pupila dilatada, sem parar de chorar, sem cigarro e cem pensamentos voltados na reconquista do território perdido. Pela manhã lê o horóscopo e lá diz: “tempo parcialmente nublado com possibilidades de chuva”. Mas ela não dá bola, sabe que seu elemento é o fogo e busca alimenta-lo. Resolve lutar com unhas (pintadas de vermelho) e dentes. Escolhe seu melhor vestido de domingo para uma segunda-feira de cinzas, desmarca reuniões e liga para sua amiga confidente para um papo cabeça. Pronto! Coração confortado, mas ainda inquieta, resolve distribuir abraços na multidão, torcendo que a esperança não morra antes que o Cretino se comova. Avessa a razão, decide convidar o Cretino para um coquetel de TNT. O que é isso? É um ultimato, um eu te mato se você não acabar com esse impasse! Invada-me ou me liberte, ou dá... Ou desce!!!

Por Diógenes Buarque.

4 Comments:

Anonymous Anônimo said...

Essa é Nana...
Como se estivesse assistindo a um curta metragem, exatamente como imagino a Nana, como vejo Nana, como sinto Nana...
Sinto e sentimos.
Bora tomar o coquetel!!!
Amo*
Vc sabe quem.

17:50  
Blogger ?Silvia Daiane? said...

Sei como é isso. Estou praticamente na mesma, por isso, também, queria conversar contigo. Sei lá, trocar umas figurinhas.
bjks

19:10  
Anonymous Morena said...

É Nana... o meu foi um triste fim... sem ultimato... apenas o eu ti mato!!!
Matei... e me libertei!!!

Mil Bjokas!!

Agora o vestido de domingo... é pra me recuperar de todo o território que deixei passar!!!

21:47  
Blogger Larissa Marques said...

Estarei em Sampa, na Casa das Rosas, no dia 24/03, às 19 horas, para o lançamento de meu livro, "Entre o negro e o nada", espero você e seua amigos lá!

11:46  

Postar um comentário

<< Home